Coluna televisiva: É estranho ver outro apresentando O Aprendiz, admite Justus

Na nona temporada do programa, o publicitário irá liderar um time de 16 ex-aprendizes, nenhum deles vencedor

Daniel Castro
Do R7

Edu Moraes/Rede Record/Divulgação


Roberto Justus durante apresentação de O Aprendiz à imprensa, ontem

Mais de quatro anos após ter apresentado a sexta edição de O Aprendiz, Roberto Justus volta em setembro a comandar o reality show que o lançou na televisão, em 2004.
Na nona temporada do programa, o publicitário irá liderar um time de 16 ex-aprendizes, nenhum deles vencedor. Por isso, a edição se chamará Aprendiz – O Retorno.
Para Justus, a versão brasileira de O Aprendiz tem a “cara” e a “marca” dele. Na entrevista a seguir, o publicitário admite que sentiu ciúme ao ver João Dória apresentando seu “filho” em 2010 e 2011.

R7 – Retornar ao Aprendiz é como ter uma segunda chance. Pegando uma frase sua, o que você fará de diferente desta vez?
Roberto Justus – Se eu te falar isso agora perde totalmente o elemento surpresa, que estou preparando para pegar meus aprendizes. Não posso dizer isso antes [de os participantes estarem confinados, sem acesso à internet].
A gente está preparando várias coisas, novas, diferenciadas. O formato do programa, a espinha dorsal é a mesma, mas vai ter novidades para a gente surpreender aqueles que já fizeram o programa.

R7 – Você sentiu falta de O Aprendiz durante esses quatro anos?
Justus – Primeiro que não foram quatro anos, são três. Porque em 2009 eu fiz a última [edição], estamos em 2013, então são três anos, né?
Nesses três anos eu fiz muitas outras coisas, que eu adorei fazer. Tive uma experiência em televisão que foi muito importante pra minha carreira, mas O Aprendiz é um programa que eu adoro fazer.

R7 – Bateu um ciúme quando você viu João Dória fazendo um formato que você lançou?
Justus – Sempre tem um pouco aquela história de que este é um filho meu. Eu comecei na televisão com ele. Então fica um pouco estranho você ver outra pessoa apresentando. Mas o João é muito amigo, isso foi uma vantagem boa, dei muitas dicas pra ele, e acho que isso ajudou bastante. Então, eu torci bastante, até pela Record. Não era porque eu estava fora da Record naquela época, mas eu torci por esse formato, que é um formato tão interessante, mas eu fico mais confortável comigo apresentando.

R7 – Quem você gostaria de demitiria, mas não pode?
Justus – Os corruptos. Eu gostaria de vê-los demitidos de nossa vida, porque ninguém aguenta mais.

R7 – E como está a carreira de cantor?
Justus – Não tem carreira, nunca teve.

R7 – O hobby.
Justus – É um hobby que continuo fazendo, de vez em quando, e eu me divirto com ele. Só.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s