Coluna televisiva: Dramática, TV aberta vive pior momento desde 2009

Nos cinco primeiros meses deste ano, os investimentos em propaganda cresceram apenas 1,79%, segundo Inter-Meios

Daniel Castro
Do R7

Divulgação


John Travolta em comercial de aguardente exibido na TV

O mercado publicitário brasileiro atravessa a pior crise desde 2009.
Nos cinco primeiros meses deste ano, os investimentos em propaganda cresceram apenas 1,79%, atingindo R$ 11,9 bilhões, segundo o projeto Inter-Meios, da revista Meio & Mensagem.
É o pior desempenho desde 2009, quando o mercado cresceu 1,72% de janeiro a maio.
Os dados são reflexo de crise econômica. O mercado publicitário é muito sensível a crises, pois gastos com propaganda costumam ser os primeiros a sofrerem cortes.
Em 2009, o mercado brasileiro sofria os efeitos da crise econômica mundial de 2008. Neste ano, sente as consequências da chamada crise europeia.

Menos do que a inflação

Jornais, revistas e até internet estão recebendo menos investimentos publicitários do que em 2012.
A TV aberta e a TV paga registraram alta em relação aos primeiros cinco meses do ano passado, mas abaixo da inflação, em torno de 6% ao ano. Ou seja, em termos reais, está havendo uma queda.
A TV aberta vendeu 4,68% a mais de janeiro a maio de 2012 em relação ao mesmo período do ano passado. É praticamente o mesmo percentual dos primeiros cinco meses de 2009: 4,64%.
Já a TV aberta, apesar da alta de assinantes acima de 20% ao ano, cresceu apenas 2,75% em publicidade.
Neste ano, no entanto, a situação da TV aberta está mais dramática do que quatro anos atrás, por causa das demissões promovidas por Record, Rede TV! e Band.

Anúncios

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Colunas, Televisão e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s